Notícias

RSE SIGA na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano

13 Maio, 2019

Realizou-se, hoje, na Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano (ULSLA), a sessão de apresentação do RSE SIGA – Registo de Saúde Eletrónico no Sistema Integrado de Gestão do Acesso ao Serviço Nacional de Saúde (SNS), a solução informática que está a ser desenvolvida pela ACSS em conjunto com a SPMS, EPE.

Henrique Martins, Presidente do Conselho de Administração da SPMS, explicou as diferentes fases deste projeto-piloto que, em 2019, irá decorrer nesta Unidade Local de Saúde, bem como todo o trabalho já desenvolvido e as principais vantagens deste sistema, totalmente integrado.

O RSE SIGA é uma solução informática que permite ter uma visão integrada do trajeto do utente no SNS, constituindo-se como uma abordagem inovadora e, desta forma, permitindo ultrapassar as atuais limitações.

Vista do palco evento SIGA
foto evento siga2

“A nova ferramenta, centrada no cidadão, possibilita uma visão completa do percurso do utente no sistema, desde a identificação do problema de saúde, até à sua resolução”, sublinhou Ricardo Mestre, vogal da ACSS.

O RSE SIGA materializa o novo paradigma de gestão do acesso ao SNS, que foi introduzido pelo SIGA SNS, regulado através da Portaria nº 147/2017, de 27 de abril, e tem como principais objetivos:

  • Obter um conhecimento global e completo sobre todo o trajeto dos utentes na área do acesso aos cuidados de saúde no SNS, nomeadamente nos cuidados de saúde primários, nas consultas hospitalares, nos meios complementares de diagnóstico e terapêutica, nas intervenções cirúrgicas, nos serviços de urgência e na rede nacional de cuidados continuados integrados;
  • Fortalecer a cultura de transparência, controlo e monitorização do acesso aos cuidados de saúde, reforçando a participação do utente na gestão ativa do seu percurso dentro do SNS;
  • Contribuir para a melhoria dos tempos de resposta aos utentes, mediante o cumprimento integral dos Tempos Máximos de Resposta Garantidos (TMRG) e a adequada gestão das listas de inscritos para a prestação de cuidados de saúde no SNS, considerando a prioridade clínica de cada um;
  • Assegurar a continuidade de cuidados de saúde e a gestão dos percursos dos utentes, com participação ativa e responsável por parte destes, das suas famílias e dos seus cuidadores;
  • Permitir que o utente, através da Área do Cidadão, acompanhe a evolução da resposta à sua situação, como marcação da consulta, de meios complementares de diagnóstico, marcação de cirurgia e acompanhar a evolução dos tempos de resposta, das listas de espera.

Prevê-se que RSE SIGA seja alargado ao resto do país a partir de 2020.

Temas

|

rse-siga

RSE SIGA – Primeiro webinar nacional

30 Dezembro, 2020

A SPMS realizou o primeiro webinar nacional no âmbito da ativação do RSE SIGA - Sistema Integrado de Gestão de Acesso, no passado dia 23 de dezembro. A sessão contou com a participação de 519 profissionais de 40 organismos do SNS, entre os quais as Administrações Regionais de Saúde, hospitais e centros de saúde.

SClínico Hospitalar disponibiliza Notas de Alta Estruturadas no RSE

13 Fevereiro, 2020

O SClínico Hospitalar passou a disponibilizar, em fase piloto, no Registo de Saúde Eletrónico (RSE) as notas de alta estruturadas dos doentes dos Hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) com SClínico Hospitalar, desde o passado dia 9 de dezembro.

Voltar
co-financiamento
luctus vulputate, consequat. at sed mattis Nullam dolor. velit,
Voltar para o topo.