Notícias

Lançamento da plataforma BI-CSP

15 Dezembro, 2017

A plataforma BI-CSP (Bilhete de Identidade dos Cuidados de Saúde Primários), integrada no Portal do SNS, com acesso direto através do menu da “Transparência”, foi apresentada hoje, dia 15 de dezembro, no Auditório do Centro de Investigação Médica da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Com a presença do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, a sessão marca o lançamento público do BI-CSP, plataforma que se assume como um instrumento de gestão do conhecimento, prestação de contas, governação clínica e de saúde.

Na abertura, José Luís Biscaia e Carlos Nunes, representantes da Coordenação Nacional da Reforma dos Cuidados de Saúde Primários (CNCSP), apresentaram, de uma forma geral, a plataforma através da componente do BI-CSP para caracterização e qualificação das Unidades Funcionais dos Agrupamentos de Centros de Saúde (ACeS) e Administrações Regionais de Saúde (ARS), com área pública e área autenticada, e da componente de apoio à contratualização interna de 2018, através da ferramenta de Planos de Ação das Unidades Funcionais (PAUF). Pela primeira vez, a contratualização nos CSP tem início antes do começo do ano respetivo.

José Luís Biscaia destacou, ainda, o BI Self Service como o “projeto mais desafiante”, com base na construção de um modelo de dados, concluindo a intervenção com um apelo a todos os profissionais de saúde para que visitem e “apropriem-se da plataforma”, que é de todos.

fotografias_bi_csp

Após esta apresentação, o Ministro da Saúde tomou a palavra, realçando os “sinais claros de modernização” do Serviço Nacional de Saúde e afirmando a enorme confiança que tem nos “profissionais de saúde que integram o SNS, nos médicos, nos enfermeiros, nos secretários clínicos”. Ao enaltecer a importância da transparência, destacou, também, o orgulho em estar a servir o país “num momento em que a reforma dos CSP está numa fase de transformação”.

Numa referência à forte vaga de investimentos no SNS, Adalberto Campos Fernandes realçou a plataforma BI-CSP como uma “ferramenta potentíssima de integração e gestão do conhecimento.”

Ricardo Mestre, vogal da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) fez uma exposição sobre os principais desafios da contratualização para 2018, referindo-se à perspetiva de o BI-CSP ser “um instrumento de melhoria contínua para a contratualização”.

Seguiu-se a apresentação do Power BI e, de uma forma objetiva e real, Pedro Baptista, diretor da SPMS, EPE, demonstrou as funcionalidades desta ferramenta de utilização clínica, que permite aos profissionais de saúde consultar registos e criarem as suas próprias métricas.

João Rodrigues, presidente da Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN), encerrou a sessão de apresentação pública do BI- CSP, considerando que um dos grandes desafios deste projeto, mas já superado, foi juntar as diversas instituições: SPMS; ACSS; USF-AN e CNCSP a trabalharem em conjunto para o sucesso do projeto.

Inserindo-se numa cultura de transparência, o BI-CSP vai permitir melhorar a avaliação dos profissionais e das unidades e incrementar o processo de integração e monitorização de dados dos CSP.
Para consultar a plataforma BI-CSP, disponível desde hoje, aceda ao menu “Transparência” do Portal SNS, em https://www.sns.gov.pt/

mockup_bicsp
Temas

Workshop sobre novo sistema BI CSP

4 Agosto, 2017

A SPMS promoveu um workshop sobre o novo sistema de BI (Business Intelligence) para os Cuidados de Saúde Primários (BI CSP)

Workshop-BI-CSP
Voltar
co-financiamento
et, id lectus elit. Curabitur consectetur sed
Voltar para o topo.