Notícias

Projeto Notas Terapêuticas Simples apresentado na ULSAM

10 Julho, 2017

O projeto Notas Terapêuticas Simples foi apresentado hoje, 10 de julho, no auditório da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), a médicos e farmacêuticos do distrito de Viana do Castelo.

Contando com representantes de mais de 20 farmácias, a sessão teve intervenções do presidente da ULSAM, António Franklim Ramos, do presidente da ARS Norte, Pimenta Martinho, da vice-presidente da Associação Nacional de Farmácias (ANF), Cristina Gaspar e da gestora de projeto da PEM, Celina Costa Leite.

ntimg_20170710_104315

Com o objetivo central de garantir a melhor comunicação entre a Farmácia e os Cuidados de Saúde, sejam Primários ou Hospitalares, o circuito das notas terapêuticas facilita a troca de informações entre a farmácia e o médico prescritor, no ato da dispensa, ou seja, permite o envio de uma Nota Terapêutica por parte da farmácia que realiza a dispensa, surgindo para leitura ao médico que emitiu a receita via PEM – Prescrição Eletrónica Médica.

As notas terapêuticas incluem data, hora e contacto da farmácia, podendo existir a necessidade de enviar mais do que uma nota terapêutica, em momentos diferentes, para uma dada linha de prescrição eletrónica.

Este projeto surgiu no âmbito do Acordo dos Ministérios da Saúde e das Finanças com a ANF, para preconizar novos meios de articulação entre as farmácias e o SNS. Desenvolvido em duas fases, o projeto-piloto arrancou na ULSAM, onde irá decorrer até setembro. Prevê-se o alargamento para alguns locais da ARS Centro, seguindo para instituições ligadas ao SNS+Proximidade.

Dando cumprimento à Portaria nº284-A/2016 de 4 de novembro, este projeto apresenta várias vantagens centradas no cidadão. Quando estiver totalmente implementado irá permitir a não duplicação de alguns parâmetros de medição, traduzindo-se numa poupança efetiva para o SNS.

ntimg_20170710_112627
Temas

terapeuticas

Um ano de PEM Móvel, a app que marca a diferença

20 Fevereiro, 2020

A PEM Móvel – Aplicação de Prescrição Eletrónica Médica foi lançada a 20 de fevereiro de 2019 e, desde essa data, tem registado uma forte adesão. Só em janeiro deste ano, 5 912 mil médicos distintos usaram esta app para prescrever receitas aos seus pacientes.

PEM_ noticia20200220
Voltar
co-financiamento
ipsum efficitur. suscipit porta. libero dapibus mi, consequat. leo id quis diam
Voltar para o topo.