Notícias

Reduza o papel, poupe a floresta

23 Junho, 2017

A desmaterialização, assente num modelo de sustentabilidade ambiental e financeira, visa otimizar recursos e reduzir a utilização do papel, em particular no Ministério da Saúde. E o futuro passa, inexoravelmente, por implementar uma estratégia focada na sustentabilidade, defendendo a redução do consumo do papel, poupando a floresta e centrando-se em critérios de eficácia e de eficiência. A transformação digital na Saúde segue esta linha.

Projetos como a Receita Sem Papel – uma realidade e caso de sucesso incontornável -, e Exames Sem Papel, já em curso no sistema de saúde, representam um enorme avanço tecnológico e, simultaneamente, um benefício para o ambiente e para o cidadão.

A eliminação do papel em todo o circuito, quer da receita, quer dos exames, pressupõe a obtenção de poupanças financeiras para o Estado, aliadas à diminuição do impacto ambiental negativo, o que se traduz em vantagens para os cidadãos e para o país em geral.

É neste contexto e quadro de governança que é crucial continuar a implementar uma gestão eficiente e cuidadosa, garantindo a otimização de recursos, com a finalidade de criar medidas eficazes de prevenção e redução dos impactos ambientais negativos.

O Registo de Saúde Eletrónico (RSE) contempla esta visão, perseguindo a ambição de assegurar os interesses do SNS e contribuindo, igualmente, para um decréscimo efetivo do uso do papel. Evitando, por ano, milhares de toneladas de papel em circulação, a floresta é poupada, o ambiente sai a ganhar e a qualidade de vida dos portugueses é melhorada.

Poupe_Floresta_Noticia02

Comitiva da Eslováquia visita SPMS

29 Junho, 2022

A SPMS recebeu uma comitiva eslovaca no âmbito da visita de estudo promovida pela DG Reform da Comissão Europeia e pelo Ministério da Saúde da Eslováquia nesta quarta-feira, dia 29 de junho, em Lisboa.

SPMS presente no Council Meeting da European Union of Private Hospitals

24 Junho, 2022

Subordinado ao tema “Transformação Digital em Saúde”, a participação da SPMS teve como enfoque a digitalização dos cuidados de saúde para o cidadão, enquanto prioridade para a União Europeia e sublinhou que tal deve mobilizar tanto o setor público como o privado, uma vez que o cidadão movimenta-se entre estas duas realidades.

Council meeting_24_60_22

SNS 24 continua a melhorar acesso e promove equidade

23 Junho, 2022

O contacto remoto entre o cidadão e o Serviço Nacional de Saúde, independentemente da porta escolhida: telefónica, digital ou presencial, tem contribuído para fomentar a inclusão social e a literacia digital em saúde, possibilitando uma experiência uniforme, integrada e com qualidade.

Voltar
co-financiamento
risus Donec venenatis quis, venenatis, velit, id accumsan commodo ipsum
Voltar para o topo.