Notícias

Portugal melhora todos os indicadores de Saúde Digital

5 Julho, 2024

Portugal é o segundo país europeu que mais aumentou a sua maturidade no acesso a dados digitais de saúde. A conclusão é do relatório “Década Digital 2024: Estudo de Indicadores de Saúde Digital”, que revelou os mais recentes resultados sobre o estado atual da União Europeia (UE) no cumprimento das metas de Saúde da Década Digital. Com uma pontuação de 86%, Portugal posiciona-se no 10.º lugar do indicador acesso a dados de saúde, acima da média da dos 27 países da UE, que é de 79%.

O estudo avalia o progresso em direção à principal meta da Década Digital: garantir que 100% dos cidadãos da UE tenham acesso ao seu registo de saúde eletrónico até 2030. A análise cobre quatro áreas fundamentais: serviços de acesso eletrónico para cidadãos, categorias de dados de saúde, tecnologia e cobertura, e oportunidades de acesso para grupos específicos.

No que diz respeito à capacidade dos cidadãos em aceder ao seu registo de saúde eletrónico, Portugal obteve uma pontuação de 100%, alinhando-se com a média da UE, onde, em 2023, todos os Estados-Membros asseguraram a disponibilização de algum tipo de serviço digital, a nível nacional ou regional, para acesso aos dados de saúde dos seus cidadãos.

Relativamente à disponibilização de categorias específicas de dados de saúde através de meios eletrónicos, Portugal registou uma melhoria de 17% em comparação com 2022, superando a média da UE, fixada em 74%. Notavelmente, Portugal apresentou um aumento substancial de 50% no indicador relacionado com a disponibilização de relatórios eletrónicos aos cidadãos.

No domínio da tecnologia e cobertura de acesso, Portugal destaca-se com uma média de 80%, superior à média da UE, posicionando-se na 5.ª posição do ranking com um aumento de 20% face a 2022. Este domínio avalia os meios disponíveis para os cidadãos acederem ao seu registo de saúde eletrónico, bem como a abrangência dos serviços em termos de fornecedores de dados.

Por fim, no domínio que avalia a oportunidade de acesso ao registo de saúde eletrónico por grupos específicos, como crianças, idosos ou cidadãos com deficiência, Portugal registou um aumento de 38% em relação a 2022, embora ainda abaixo da média da UE, fixada em 77%.

Os dados revelam que Portugal tem melhorado significativamente os seus resultados ao longo dos anos, demonstrando o compromisso contínuo também da SPMS em promover a saúde digital e torná-la acessível a todos os cidadãos.

Aceda ao relatório completo através do seguinte link: 2024 digital decade ehealth indicator study.

SICC comemora 10 anos

12 Julho, 2024

O Sistema de Informação Centralizado de Contabilidade e Gestão Financeira (SICC) celebra uma década a registar e a gerir centralmente a informação económica e financeira do Serviço Nacional de Saúde (SNS). Atualmente, está implementado em 46 dos 51 organismos do SNS, e em duas entidades do Ministério da Saúde: a Direção Executiva e a própria SPMS.

SICC_notícia site SPMS

SPMS contribui para a primeira plataforma de inovação em saúde pública do país

9 Julho, 2024

“O compromisso para a inovação em saúde pública” foi o mote do painel que reuniu a presidente do Conselho de Administração da SPMS, Sandra Cavaca, e dirigentes de diversas organizações e entidades, durante a apresentação pública do White Paper “Leading the Way to a Healthy Future” – Inovação ao serviço da Saúde Pública.

Voltar
Voltar para o topo.