Notícias

IPST e SPMS lançam nova campanha de apelo à dádiva de sangue

14 Junho, 2023

O Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) e a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, EPE (SPMS) lançam uma campanha de sensibilização à dádiva de sangue, divulgada nas plataformas digitais, dirigida à população em geral e aos jovens em particular, sob o mote “1 Dádiva pode salvar até 3 vidas”. A campanha foi lançada hoje, 14 de junho, Dia Mundial do Dador de Sangue.

Esta campanha de comunicação apresenta uma imagem apelativa e recorre a uma narrativa simples, acessível e fácil, com o intuito de reforçar o apelo à dádiva de sangue. A campanha, que terá diversas imagens e vídeos animados, será divulgada através de diferentes plataformas digitais, desde as redes sociais do SNS, websites do Portal SNS, SPMS e IPST, bem como as newsletters do IPST e do Portal SNS.

O objetivo da campanha, que se prolonga durante as Jornadas Mundiais da Juventude, é chegar às gerações mais jovens e principalmente no cidadão capaz de dar sangue ou, não podendo, capaz de incentivar outros a dar.

A campanha desmistifica alguns mitos relacionados com os critérios de elegibilidade, por exemplo se a mulher grávida pode dar sangue ou se alguém que fez uma tatuagem está apto à dádiva, e, por outro lado, também informa sobre os locais de colheita existentes no país.

O IPST e a SPMS têm colaborado ativamente na disseminação de informação aos cidadãos, ao longo dos últimos meses, nos canais digitais do Serviço Nacional de Saúde e agora, com esta campanha, pretende-se ir mais longe. “1 Dádiva pode salvar até 3 vidas” quer levar mais pessoas a agir, mostrando como um gesto simples e fácil pode fazer a diferença na vida, não de uma, mas de muitas pessoas, e como as reservas de sangue são fundamentais para o sistema de saúde.

Saiba mais sobre a campanha: https://www.ipst.pt/index.php/pt/campanha-ipst-spms

Temas

SPMS reforça cooperação em Saúde Digital com países da CPLP

17 Maio, 2024

A SPMS marcou presença no Seminário “Diálogos da Cooperação em Saúde na Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP)”, a convite da Secretaria-Geral do Ministério da Saúde (SGMS). O evento, que decorreu no passado dia 15 de maio, concentrou-se nos desafios e oportunidades da digitalização do setor da saúde nos países integrantes da comunidade.

Aprovado novo regulamento do Espaço Europeu de Dados de Saúde

13 Maio, 2024

O Parlamento Europeu aprovou, no dia 24 de abril, o novo regulamento que estabelece o Espaço Europeu de Dados de Saúde (EEDS), marcando um avanço significativo na revolução digital da saúde na União Europeia. Esta medida estratégica tem como objetivo facilitar o acesso dos cidadãos aos seus dados de saúde eletrónicos em todos os países membros, ao mesmo tempo que promove a interoperabilidade entre os sistemas de saúde europeus.

Voltar
Voltar para o topo.