Notícias

Mais de 2 milhões de SMS enviadas para utentes com consultas nos centros de saúde

3 Abril, 2023

Mais de 2 milhões de mensagens já foram enviadas a cidadãos com consultas e rastreios agendados nos centros de saúde. “Não falte. Esta consulta pode fazer falta a outra pessoa.” é como termina a SMS, que visa reduzir a taxa de faltas aos agendamentos feitos nos centros de saúde.

A medida arrancou em setembro de 2022 e consiste no envio de uma SMS no dia do agendamento e outra dois dias antes da consulta. Abrange consultas de várias tipologias prestadas nas unidades dos Cuidados de Saúde Primários (CSP), como por exemplo médicas, de enfermagem, para rastreios do cancro do colo do útero, de saúde visual infantil ou de retinopatia diabética, entre outras.

Com a substituição dos sistemas de informação dos Cuidados de Saúde Primários, iniciativa inserida nos projetos do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para a Transição Digital na Saúde, esta medida pretende, essencialmente, evitar que os utentes faltem ou que avisem com antecedência que irão faltar, de forma a permitir o reagendamento da consulta.

A implementação teve início na região de Lisboa e Vale do Tejo, avançou para os centros de saúde da região Norte e, de forma progressiva, chegará ao resto do país e a todos os utentes com agendamentos de consultas e de rastreios nos Cuidados de Saúde Primários.

2000000 sms enviadas_portal spms_noticia

PRR | SPMS começa a distribuir 16 mil computadores nos Cuidados de Saúde Primários

2 Fevereiro, 2024

A ULS de Gaia/Espinho foi a primeira a receber 120 equipamentos informáticos, no âmbito do plano de modernização dos postos de trabalho dos profissionais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) ao abrigo do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), na sua componente da Transição Digital na Saúde, coordenado pela SPMS.

Voltar
Voltar para o topo.