Notícias

Relatório destaca papel do SNS 24 durante a pandemia

7 Setembro, 2022

O SNS 24 adaptou a sua capacidade de resposta, em matéria de recursos humanos e de infraestrutura, tendo inovado nos modelos de prestação de serviços e garantindo a qualidade e a segurança clínica. A análise consta do Relatório Anual de Acesso de 2021, divulgado este mês pela Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), que salienta a intensa exposição pública do SNS24 durante a pandemia, reconhecendo o aumento excecional da procura dos seus serviços.

Responsável pelo serviço de Triagem, Acompanhamento e Encaminhamento (TAE), e por um conjunto de serviços informativos e administrativos que reforçam a disponibilidade, com maior oferta adequada às necessidades da população, e a proximidade (centralização de serviços), o SNS 24 está disponível 7 dias por semana, 24 horas por dia, nomeadamente através da linha, da app e do site.

Em 2021, o papel do SNS 24 na gestão do acesso dos cidadãos às instituições do SNS foi reforçado, permitindo aos utentes suspeitos de COVID-19 serem encaminhados para os serviços adequados nos diferentes níveis de cuidados de saúde.

Adaptações no serviço TAE para responder à pandemia

Para dar resposta à emergência pública, sublinha o relatório, o serviço TAE teve constantes atualizações dos algoritmos, de modo a acompanhar a alteração do padrão epidemiológico e infecioso da COVID-19 e, assim, otimizar o rigor da triagem clínica. Para tal, foram criados dois algoritmos com diferentes objetivos: Emergência saúde pública COVID-19, para identificar utentes com sintomatologia suspeita de COVID-19 e, se necessário, encaminhar para estruturas especializadas (Áreas Dedicadas para Doentes Respiratórios), de acordo com as orientações da Direção-Geral da Saúde; e Rastreio de contactos assintomáticos, para identificar contactos de risco com utentes infetados com COVID-19, a fim de serem vigiados pelas equipas de saúde pública.

O SNS 24 garantiu, desta forma, que todos os utentes identificados pelo SNS 24 como suspeitos de infeção por SARS-CoV-2 fossem continuamente integrados na plataforma TraceCOVID-19, permitindo às equipas dos cuidados de saúde primários realizar as vigilâncias necessárias.

A linha atendeu o ano passado mais de 6 milhões de chamadas, representado um crescimento de 51% face ao ano anterior. A título de exemplo, só em 2021 foram emitidos, via SNS 24, cerca de 1.5 milhões testes à COVID-19 e mais de 1.3 milhões de Declarações Provisórias de Isolamento Profilático (DPIP). Já o portal do SNS 24, outro elemento fundamental para permitir que o cidadão consiga aceder a informação simples, atualizada e fidedigna, registou mais de 18 milhões de sessões e mais de 41 milhões visualizações de páginas.

Paralelamente, os Balcões SNS 24 proporcionaram serviços de atendimento, sobretudo em juntas de freguesia e câmaras municipais, a mais de 5.700 cidadãos, através do acesso mediado aos serviços digitais do SNS. O acesso facilitado, em que é o utente que acede aos serviços, é outra forma de aceder.

Com 194 balcões a funcionar em 2021, este projeto evitou cerca de 10 mil viagens de cidadãos às unidades de saúde, redução de emissões de carbono e eficiência do tempo, redução do papel associado a interação unicamente com serviços digitais e redução de tempos de espera, nomeadamente nos processos de agendamento de consultas e realização de teleconsultas.

O Relatório Anual de Acesso a Cuidados de Saúde nos Estabelecimentos do SNS e Entidades Convencionadas de 2021 reporta ainda a atividade assistencial realizada a nível nacional, e o desempenho dos estabelecimentos do SNS e entidades convencionadas em termos de acesso à prestação de cuidados de saúde.

Temas

|

Teleconsulta de Cardiologia disponível em Arouca com plataforma da SPMS

6 Outubro, 2022

A SPMS é responsável pelo desenvolvimento e disponibilização da Live, plataforma que permitiu o arranque das teleconsultas de Cardiologia no Centro Hospitalar de Entre Douro e Vouga (CHEDV) - Hospital de São Sebastião, em Santa Maria da Feira, há já um ano. A partir deste mês de outubro, a teleconsulta de Cardiologia passa a funcionar com regularidade neste centro hospitalar.

Projeto da SPMS é finalista do Prémio HINTT 2022

4 Outubro, 2022

A SPMS é uma das 10 finalistas da 6ª edição dos Prémios HINTT, com o projeto SARA- Sistema de Atendimento e Resposta Ágil. Desenvolvido pela SPMS, o SARA visa agilizar o atendimento nas unidades de saúde do Serviço Nacional de Saúde, sobretudo nos cuidados de saúde primários. Atualmente, está presente em mais de 530 unidades.

Voltar
co-financiamento
Voltar para o topo.