Notícias

Comitiva da TEHDAS visita SPMS

31 Maio, 2022

No âmbito da Ação Conjunta Towards the European Health Data Space (TEHDAS), a SPMS recebeu e coordenou a visita de especialistas belgas, suecos e malteses, em Lisboa. A gestão de dados de saúde e dos regulamentos de apoio à partilha de dados de saúde para uso secundário, com o propósito de mapear a situação atual em Portugal, foi o objetivo deste encontro entre os dias 24 e 26 de maio.

Esta foi uma oportunidade para alinhar as necessidades e expetativas das entidades nacionais em matéria de saúde digital com as decisões da Comissão Europeia, relativamente à proposta legislativa do European Health Data Space (EHDS), bem como compreender o estado atual dos sistemas de informação de saúde nacional e a sua preparação estrutural e política para adoção desta nova proposta legal.

Durante a visita foi possível concluir que o SNS é bastante centralizado e apresenta um elevado nível de digitalização e avanço em relação à estrutura myHealth@EU, disponibilizando vários serviços, tais como, e-prescriptions, Patient Summary e notificações eletrónicas de doenças infeciosas. Os resultados obtidos neste estudo serão compilados e comparados com resultados de outros Estados-Membros pela Ação Conjunta TEHDAS, obtendo, assim, uma perspetiva pan-europeia do estado de maturação dos diversos países em matéria de saúde digital.

Este encontro, além de elementos da SPMS, contou com a participação de representantes da Direção-Geral da Saúde, da Administração Central do Sistema de Saúde, do Instituto Nacional de Estatística, do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, da Administração Regional de Saúde do Centro e do Hospital Prof. Doutor Fernando Fonseca.

Comitiva da Eslováquia visita SPMS

29 Junho, 2022

A SPMS recebeu uma comitiva eslovaca no âmbito da visita de estudo promovida pela DG Reform da Comissão Europeia e pelo Ministério da Saúde da Eslováquia nesta quarta-feira, dia 29 de junho, em Lisboa.

SNS 24 continua a melhorar acesso e promove equidade

23 Junho, 2022

O contacto remoto entre o cidadão e o Serviço Nacional de Saúde, independentemente da porta escolhida: telefónica, digital ou presencial, tem contribuído para fomentar a inclusão social e a literacia digital em saúde, possibilitando uma experiência uniforme, integrada e com qualidade.

Voltar
co-financiamento
Nullam lectus mattis Aenean venenatis, Donec
Voltar para o topo.