Notícias

Centro Nacional de TeleSaúde participa no Fórum DPOC no Alto Minho

5 Dezembro, 2019

A Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) no Alto Minho foi o tema do Fórum realizado a 03 de dezembro, no Centro Pastoral Paulo VI – Darque. Micaela Monteiro, Diretora do Centro Nacional de TeleSaúde, participou no painel de discussão que abordou a perspetiva do profissional quanto a esta doença e contou com visões de diferentes profissionais da saúde.

Micaela Monteiro defende que “as tecnologias de informação são cada vez mais ferramentas poderosas para criar novas formas de prestação de cuidados de saúde”, e a ULS do Alto Minho tem apostado nisso, alterando a forma como os profissionais se organizam em torno do doente e da sua família, sobretudo numa patologia crónica prevalente como é a DPOC.

O papel da telessaúde, nomeadamente a telemonitorização, teleassitência domiciliária e teleconsulta têm permitido ao doente e aos seus cuidadores um papel mais ativo na gestão da doença, possibilitando uma intervenção precoce e eficaz no doente com DPOC e evitando, assim, idas ao hospital, quer em agudização, quer para consulta especializada de rotina.

Este Fórum permitiu debater diferentes questões centradas nesta doença respiratória crónica e de que forma a telessaúde contribui para uma prestação de serviço com maior qualidade e um melhor acompanhamento das condições de cada doente, permitindo, assim, uma reação atempada que adie o agravamento dos doentes que pertencem à ULSAM.

A ULSAM integra o Hospital de Santa Luzia, em Viana do Castelo, o Hospital Conde de Bertiandos, em Ponte de Lima, treze centros de saúde, uma unidade de saúde pública e duas unidades de convalescença. A SPMS, EPE, através do CNTS, contribui para a estratégia nacional de promoção da telessaúde, para a criação de novos modelos de prestação de cuidados de saúde alavancados pelas TIC, com valor acrescentado ao cidadão e ao sistema de saúde.


Temas

|

Fórum DPOC3

SPMS participa em debate sobre transformação digital e inteligência artificial

10 Abril, 2024

A transformação digital e o impacto no setor da Saúde deram o mote à participação de Luís Miguel Ferreira, vogal executivo da SPMS, em conferência que decorreu em Lisboa, ontem, dia 9 de abril. Na sua intervenção, Luís Miguel Ferreira destacou o papel fundamental que a SPMS assume no processo de transição digital, sublinhando o […]

PEM celebra 11 anos e 235 milhões de receitas sem papel

8 Abril, 2024

A aplicação de Prescrição Eletrónica Médica (PEM) foi disponibilizada, pela SPMS, ao sistema nacional de saúde em 2013. Desde então, permitiu emitir perto de 388 milhões de receitas eletrónicas, das quais mais de 235 milhões totalmente desmaterializadas. Quase 200 prescrições por minuto é a média diária de receitas emitidas, entre as 9 e as 20 […]

Voltar
Voltar para o topo.