Notícias

SPMS e Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal assinam Protocolo para disponibilização do RSE

10 Setembro, 2019

Nesta terça-feira, dia 10 de setembro, a SPMS e a Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP) assinaram o Protocolo para a disponibilização do Registo de Saúde Eletrónico (RSE). A APDP é a primeira organização a integrar esta plataforma.

Assinado por Henrique Martins, Presidente do Conselho de Administração da SPMS, e José Manuel Boavida, Presidente da Direção da APDP, o protocolo é válido por três anos, sendo automaticamente renovável por iguais períodos.

Em termos funcionais, este protocolo vai permitir disponibilizar mecanismos de integração que possibilitam aos profissionais de saúde, em exercício de funções na APDP, aceder ao RSE.
Através do RSE será possível disponibilizar e partilhar com a clínica especializada em Diabetes desta associação, e as entidades prestadoras de cuidados de saúde integradas no SNS, a informação necessária à prestação de cuidados de saúde recolhida eletronicamente.

No âmbito deste protocolo, a APDP passa, assim, a integrar dados no RSE – Área do Profissional, permitindo aos profissionais de saúde (médicos e enfermeiros) a partilha da informação clínica do utente. Por sua vez, o utente pode consultar a sua informação através do RSE – Área do Cidadão.

“Temos que insistir na formação digital dos doentes com Diabetes”, sublinhou Henrique Martins, presidente do Conselho de Administração da SPMS, relativamente à importância do registo na Área do Cidadão. Com mais de 2 milhões de utilizadores, o RSE – Área do Cidadão foi o primeiro serviço da Administração Pública a ficar protegido com autenticação forte, através de Chave Móvel Digital ou Cartão do Cidadão.

Numa referência ao trabalho que as duas entidades têm pela frente, o responsável pela SPMS elogiou a APDP, pela sua “persistência” e “exigência”, enquanto associação de utilidade pública.

O alargamento da disponibilização do RSE ao Setor Privado e Social permitirá responder à crescente necessidade de partilha de informação para suporte das boas práticas clínicas, contribuindo para uma melhor prestação de cuidados de saúde, para maior segurança dos utentes e, ainda, para uma redução generalizada de custos.

No decorrer da sessão, Henrique Martins apresentou a evolução dos desenvolvimentos técnicos do Registo de Saúde Eletrónico, anunciando novas funcionalidades que, brevemente, serão lançadas. A emissão de baixas em suporte digital, a disponibilizar na Área do Cidadão, é uma dessas novidades.

Temas

Assinatura Protocolo SPMS APDP

SPMS participa em debate sobre transformação digital e inteligência artificial

10 Abril, 2024

A transformação digital e o impacto no setor da Saúde deram o mote à participação de Luís Miguel Ferreira, vogal executivo da SPMS, em conferência que decorreu em Lisboa, ontem, dia 9 de abril. Na sua intervenção, Luís Miguel Ferreira destacou o papel fundamental que a SPMS assume no processo de transição digital, sublinhando o […]

PEM celebra 11 anos e 235 milhões de receitas sem papel

8 Abril, 2024

A aplicação de Prescrição Eletrónica Médica (PEM) foi disponibilizada, pela SPMS, ao sistema nacional de saúde em 2013. Desde então, permitiu emitir perto de 388 milhões de receitas eletrónicas, das quais mais de 235 milhões totalmente desmaterializadas. Quase 200 prescrições por minuto é a média diária de receitas emitidas, entre as 9 e as 20 […]

Voltar
Voltar para o topo.