Notícias

400 médicos aderiram à nova app no primeiro dia

20 Fevereiro, 2019

400 médicos aderiram à PEM Móvel – Aplicação de Prescrição Eletrónica Médica, lançada oficialmente, hoje, no Auditório Infarmed, em Lisboa.

Durante o lançamento, Henrique Martins, Presidente do Conselho de Administração da SPMS, EPE, referiu-se à PEM Móvel como projeto galvanizador, resultante da parceria com a Agência para a Modernização Administrativa (AMA). O setor da Saúde é o primeiro a aderir à assinatura digital, através da Chave Móvel Digital (CMD).

apresentacao pem movel

Simples, intuitiva, segura e sem recorrer ao computador, leitor ou cartões, a nova aplicação possibilita ao médico enviar a receita médica, por SMS e/ou e-mail para o utente, como foi demonstrado na sessão.

Com esta nova aplicação de Prescrição Eletrónica, a redução do número de receitas manuais será significativa, permitindo a prescrição da receita através do telemóvel.

apresentacao pem movel_2

Bastante útil em casos de consultas à distância e ao domicílio,a a PEM Móvel é mais uma prova da tecnologia ao serviço do cidadão. Prescrição fácil, rápida e imediata proporcionando maior mobilidade e proximidade do médico ao cidadão.

apresentacao pem movel_3
Temas

|

Banner pem móvel, logo, smartphone mockup

6.500 receitas por dia emitidas através da PEM Móvel

20 Fevereiro, 2024

A PEM Móvel celebra hoje cinco anos de atividade e quase 7 milhões de prescrições médicas. Diariamente, são emitidas, em média, mais de 6.500 receitas através desta aplicação desenvolvida pela SPMS. O número de prescrições realizadas por telemóvel tem vindo a aumentar de ano para ano e, em 2023, foram prescritas mais de 2,4 milhões […]

Comitivas da Roménia visitam SPMS

14 Fevereiro, 2024

Nuno Costa, vogal executivo da SPMS, recebeu uma comitiva da Roménia, da área da Saúde, no dia 7 de fevereiro, com o objetivo de conhecer a estrutura e o modelo organizativo da SPMS. A visita, que decorreu na sede, em Lisboa, contou com Dragoș Garofil, antigo secretário de Estado da Saúde da Roménia. Esta foi […]

Voltar
Voltar para o topo.