Notícias

SPMS na “2th Multi Conference on Computer Science and Information Systems”

20 Julho, 2018

A SPMS, EPE participou na “2th Multi Conference on Computer Science and Information Systems”, iniciativa que decorreu entre os dias 17 e 20 de julho, em Madrid. Integrando temáticas distintas, e contando com a participação de várias entidades, esta conferência focou-se, essencialmente, nos sistemas de informação e nas suas diferentes vertentes.

Com a apresentação de diversos artigos, a SPMS deu a conhecer projetos, serviços e produtos que desenvolve, demonstrando o que tem sido feito em Portugal na área da tecnologia em Saúde, como o Atestado para a Carta de Condução (ACC), a LIGHt (Local Interoperability Gateway for Healthcare), o SICO Mobile, o BI SClínico, entre outros.

De forma motivada e entusiástica, os profissionais da SPMS, EPE participaram nesta iniciativa, promovendo a criação de sinergias, partilhando e adquirindo conhecimento e experiências com outros países e, de um modo geral, reforçando a importância da desmaterialização no setor da Saúde.

Artigos apresentados pela SPMS:

  • HOW PORTUGAL ACHIEVE THE DEMATERIALIZATION OF THE MEDICAL CERTIFICATE FOR DRIVING LICENSE (F083) Rui Pereira, Alfredo Ramalho, Arlete Monteiro, Cristiano Marques and Henrique Martins
  • SICO MOBILE – THE APP THAT SUPPORTS MOBILE DEATH CERTIFICATION IN PORTUGAL (F086) Rui Pereira, Paulo Nogueira, Arlete Monteiro, Cristiano Marques and Henrique Martins
  • SHEDDING LIGHT OVER THE PORTUGUESE HEALTH IT ARCHITECTURE (F093) Joana Cunha and Filipe Mealha
  • A CROWDSOURCE BASED HOSPITAL BI SYSTEM FOR THE NATIONAL HEALTH SERVICE (S081) Duarte Sequeira and Bruno Trigo
Temas

|

Banner_generico_spms_opcaoB

Comitiva da Eslováquia visita SPMS

29 Junho, 2022

A SPMS recebeu uma comitiva eslovaca no âmbito da visita de estudo promovida pela DG Reform da Comissão Europeia e pelo Ministério da Saúde da Eslováquia nesta quarta-feira, dia 29 de junho, em Lisboa.

SNS 24 continua a melhorar acesso e promove equidade

23 Junho, 2022

O contacto remoto entre o cidadão e o Serviço Nacional de Saúde, independentemente da porta escolhida: telefónica, digital ou presencial, tem contribuído para fomentar a inclusão social e a literacia digital em saúde, possibilitando uma experiência uniforme, integrada e com qualidade.

Voltar
co-financiamento
vel, Sed efficitur. mi, ut id, id suscipit elit. Aliquam facilisis risus
Voltar para o topo.