Notícias

MySNS Carteira e SI promovem atividade física do cidadão

5 Junho, 2018

Lisboa foi a cidade escolhida para o lançamento oficial do Plano de Ação Mundial para a Promoção da Atividade Física 2018-2030 da Organização Mundial da Saúde (OMS), que contou com a participação do Diretor-Geral, Tedros Adhanom Ghebreyesus, ontem, dia 04 de junho.

Em alinhamento com os objetivos estratégicos do Programa para a Saúde, Portugal assume uma posição pioneira na implementação das orientações da União Europeia e da OMS nesta matéria. No que diz respeito à integração da promoção da atividade física no Serviço Nacional de Saúde, a SPMS desempenha um papel bastante importante.

Através dos sistemas de informação SClínico e PEM- Prescrição Eletrónica Médica, os profissionais de saúde, em contexto de consulta não urgente, podem prestar aconselhamento breve e prescrever atividade física ao utente. Atualmente estão a ser implementados vários projetos-piloto em Unidades de Saúde do SNS, com vista à promoção da atividade física.

Para incentivar o exercício físico regular e ir ao encontro dos objetivos do Programa para a Saúde, a app MySNS Carteira eletrónica integra, desde janeiro, o cartão de atividade física, disponibilizando várias funcionalidades que permitem monitorizar os níveis de atividade física do cidadão.

Contador de passos, calorias gastas, distância percorrida e gráfico de média de passos são algumas dessas funcionalidades. Melhorar a literacia em Saúde e promover a atividade física, fundamental para prevenir doenças não transmissíveis, é um desafio e uma das prioridades do SNS, que conta com o apoio dos Sistemas de Informação da Saúde.    

Comitiva da Eslováquia visita SPMS

29 Junho, 2022

A SPMS recebeu uma comitiva eslovaca no âmbito da visita de estudo promovida pela DG Reform da Comissão Europeia e pelo Ministério da Saúde da Eslováquia nesta quarta-feira, dia 29 de junho, em Lisboa.

SNS 24 continua a melhorar acesso e promove equidade

23 Junho, 2022

O contacto remoto entre o cidadão e o Serviço Nacional de Saúde, independentemente da porta escolhida: telefónica, digital ou presencial, tem contribuído para fomentar a inclusão social e a literacia digital em saúde, possibilitando uma experiência uniforme, integrada e com qualidade.

Voltar
co-financiamento
tristique risus. ante. Lorem libero venenatis,
Voltar para o topo.