Notícias

SPMS integra Projeto RISCAR

18 Maio, 2018

A SPMS, EPE é uma das entidades parceiras do projeto RISCAR – Rede Ibérica de Promoção da Saúde da Criança, financiado e apoiado pelo POCTEP – 2014-2020, INTERREG, com o propósito de criar um observatório de saúde infantil de carácter transfronteiriço, apoiar o intercâmbio de conhecimento e de atualização científica dos profissionais ligados à Saúde Infantil e, ainda, promover estratégias de apoio ao exercício positivo da parentalidade.

No âmbito deste projeto, a SPMS, EPE participa no Seminário Científico sobre Saúde Infantil, que decorre, hoje, em Sevilha, para promover o debate sobre saúde infantil e as estratégias de atenção mais adequadas, baseadas nos Direitos da Criança. Este evento conta com cerca de 200 profissionais de saúde do Sistema Público de Saúde da região de Andaluzia, especialistas e profissionais portugueses e espanhóis das entidades beneficiárias do Projeto RISCAR.

A SPMS participou, também, numa reunião com os representantes das oito entidades parceiras do Projeto, de forma a reforçar a colaboração inter-regional na gestão do conhecimento sobre bem-estar e saúde infantil, quer na vertente científica dos profissionais, quer no fortalecimento das competências parentais.

riscar1

Em Portugal, além da SPMS, a Direção-Geral da Saúde e a Administração Regional de Saúde do Algarve são as outras entidades parceiras do projeto e, em Espanha, são a Universidade de Cádiz, a Consejeria de Salud Junta de Extremadura, a Consejeria de Salud Junta de Castilla y Leon, a Consejeria de Salud Junta de Galícia, a Consejeria de Salud Junta de Andalucia.

Para continuar o debate sobre o Projeto RISCAR, o próximo seminário está agendado para os dias 24 e 25 de outubro, em Mérida.

riscar2
Temas

Comitiva da Eslováquia visita SPMS

29 Junho, 2022

A SPMS recebeu uma comitiva eslovaca no âmbito da visita de estudo promovida pela DG Reform da Comissão Europeia e pelo Ministério da Saúde da Eslováquia nesta quarta-feira, dia 29 de junho, em Lisboa.

SNS 24 continua a melhorar acesso e promove equidade

23 Junho, 2022

O contacto remoto entre o cidadão e o Serviço Nacional de Saúde, independentemente da porta escolhida: telefónica, digital ou presencial, tem contribuído para fomentar a inclusão social e a literacia digital em saúde, possibilitando uma experiência uniforme, integrada e com qualidade.

Voltar
co-financiamento
eleifend Lorem tempus luctus Aliquam commodo ut justo sed leo
Voltar para o topo.