Notícias

RIS2020 – Mais serviços, melhor qualidade

4 Maio, 2018

A RIS – Rede Informática da Saúde é uma rede privada multimédia que faz a ligação entre as redes locais de todos os organismos e serviços do Ministério da Saúde, assegurando a interligação das instituições de saúde e assumindo um papel vital na atividade diária de todo o Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Englobando mais de 2 200 circuitos de dados, distribuídos pelas várias instituições do SNS, a RIS é um ponto fulcral de todo o sistema informático do Ministério da Saúde, sendo o acesso e bom uso da informação um fator crucial para a qualidade dos cuidados de saúde e sustentabilidade do SNS.

Desde 2014, e por um período de 3 anos, a RIS foi definida e implementada com recurso a um programa de procedimento de diálogo concorrencial. Face à proximidade do término do prazo de vigência do contrato da atual RIS, e ao desenvolvimento tecnológico verificado desde a sua entrada em funcionamento, a SPMS, EPE identificou uma oportunidade estratégica de proporcionar uma nova Rede de Informação de Saúde, designada RIS2020.

A premência nesta contratação é ainda maior tendo em conta as exigências em termos de velocidade de comunicações que, atualmente, são muito superiores, bem como a utilização de sistemas de informação, no quadro do setor da saúde a nível nacional, implicando uma sobrecarga da rede, incompatível com a capacidade atual. A RIS2020 catapulta o conceito da atual RIS para níveis de serviço e complexidade não alcançáveis no atual modelo.

Neste contexto, foi publicada ontem, 3 de maio, em Diário da República, a Portaria conjunta das Finanças e da Saúde n.º 255/2018, apresentando a necessidade de contratação, devido ao prazo de vigência do contrato da atual RIS estar a terminar.

A RIS2020 prevê um conjunto de melhorias e novos serviços, com claros benefícios qualitativos e económicos, destacando-se:

  • maior largura de banda em todo o Serviço Nacional de Saúde, de forma a promover a qualidade e acesso aos cuidados e, simultaneamente, reduzir desperdício;
  • melhorar os serviços telefónicos nos Cuidados de Saúde Primários;
  • criar novos padrões de cibersegurança e de segurança de dados em todo o SNS, visando fazer face às ameaças, cujo impacto pode ter importantes repercussões nas atividades das organizações do Ministério da Saúde.

O processo aquisitivo visa a exploração da RIS2020 por um período de 4 anos.

Consulte na íntegra a Portaria n.º 255/2018 – Diário da República n.º 85/2018, Série II de 2018-05-03 115209805

Temas

|

banner-ris

Projeto da SPMS é finalista dos Prémios HINTT 2021

20 Agosto, 2021

A SPMS é uma das 10 finalistas dos Prémios HINTT 2021 com o projeto Agendamento Online para a vacinação contra a COVID-19, na categoria Patient Safety. Esta iniciativa promove a partilha de conhecimento sobre o futuro do estado de saúde, com foco na tecnologia e no cidadão. Na edição de 2020, a SPMS foi distinguida […]

SPMS apoia ULSAM no arranque das teleconsultas em lares

10 Agosto, 2021

Com o apoio da SPMS, a Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) arrancaram as primeiras teleconsultas de psiquiatria, no início de agosto, em lares. Os lares de Barbeita e Merufe, em Monção, foram os primeiros a realizar teleconsultas em tempo real, garantindo segurança, proteção e confidencialidade dos dados, através da plataforma de telessaúde […]

SPMS organiza evento de encerramento da eHAction

16 Julho, 2021

A eHAction – Joint Action Supporting the eHealth Network, uma ação de colaboração entre os Estados-Membros da União Europeia e outros países europeus, vai realizar o evento "EU Cooperation to Empower Citizens’ Health & Care [Cooperação europeia para capacitar a saúde e o cuidado dos cidadãos]", no próximo dia 21 de julho, por videoconferência, entre as 09h e as 12h.

closing event_noticia SPMS
Voltar
co-financiamento
dictum libero neque. vulputate, ut Nullam ut id, quis Phasellus venenatis, accumsan
Voltar para o topo.