Notícias

SPMS em reunião com a APAH – Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares

10 Novembro, 2017

No passado dia 09 de março realizou-se a primeira reunião do Grupo de Trabalho de Acompanhamento e Monitorização da Estratégia Nacional para as Compras Públicas Ecológicas (ENCPE 2020). O encontro decorreu nas instalações da SPMS, EPE em Lisboa, tendo como prioridade a definição e implementação de critérios ecológicos nas compras públicas.

A SPMS, EPE coordenou o grupo de trabalho e incentivou o debate sobre “Equipamentos elétricos e eletrónicos utilizados no setor dos cuidados de saúde”. Aumentar a eficiência e a qualidade dos equipamentos usados na saúde e reduzir custos é uma das metas para o sucesso da ENCPE 2020, em alinhamento com o Código dos Contratos Públicos (CCP) e diretivas da União Europeia.

Pretende-se, assim, definir critérios relativos à contratação pública ecológica, com o objetivo de ajudar os organismos públicos na aquisição de produtos para a celebração de Acordos-Quadro, assentes em três pilares de atuação: estratégico; técnico e operacional.

A reunião contou com a participação de representantes da Agência Portuguesa do Ambiente, INFARMED- Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, da Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS), da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), do Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH), da Associação Portuguesa das Empresas de Dispositivos Médicos (APORMED) e do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas – Universidade do Porto.

O Grupo de Trabalho irá reunir-se mensalmente, estando já agendada a segunda reunião para  dia 13 de abril, no mesmo local.

compras1
Temas

| |

Banner_generico_spms_opcaoB

Comitiva da Eslováquia visita SPMS

29 Junho, 2022

A SPMS recebeu uma comitiva eslovaca no âmbito da visita de estudo promovida pela DG Reform da Comissão Europeia e pelo Ministério da Saúde da Eslováquia nesta quarta-feira, dia 29 de junho, em Lisboa.

SNS 24 continua a melhorar acesso e promove equidade

23 Junho, 2022

O contacto remoto entre o cidadão e o Serviço Nacional de Saúde, independentemente da porta escolhida: telefónica, digital ou presencial, tem contribuído para fomentar a inclusão social e a literacia digital em saúde, possibilitando uma experiência uniforme, integrada e com qualidade.

Voltar
co-financiamento
lectus dolor. leo eget mattis Aenean justo Praesent ut libero
Voltar para o topo.