Notícias

SICO distinguido pelas boas práticas de transformação digital

29 Setembro, 2017

O Sistema de Informação dos Certificados de Óbito (SICO), desenvolvido pela SPMS, EPE, permitiu a Portugal ser o primeiro país europeu com certificação eletrónica do óbito, distinguido pelo Observatório europeu dos sistemas de saúde como exemplo de boas práticas. A Direção-Geral da Saúde (DGS) é a entidade responsável pelo tratamento da base de dados e garante a vigilância epidemiológica da mortalidade, identificando situações de risco para a saúde pública.

O SICO foi um dos 97 casos de transformação digital no tecido empresarial português apresentados num estudo, durante o “27º Digital Business Congress”, organizado pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC), que decorreu em Lisboa, entre os dias 27 e 28 de setembro.

O estudo salienta que “as plataformas que permitem articular diversas entidades na gestão da informação estão a produzir efeitos muito positivos num setor tão sensível como o da saúde, com impactos particularmente relevantes ao nível da saúde pública. O desenvolvimento da telemedicina está, em paralelo, a revelar todo o seu potencial, apontando caminhos que prometem alterar, a curto prazo, o paradigma da assistência à saúde em Portugal.”

Conheça, na íntegra, o estudo  97 casos de transformação digital no tecido empresarial português.

Temas

|

Noticia_SICO

SPMS reforça cooperação em Saúde Digital com países da CPLP

17 Maio, 2024

A SPMS marcou presença no Seminário “Diálogos da Cooperação em Saúde na Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP)”, a convite da Secretaria-Geral do Ministério da Saúde (SGMS). O evento, que decorreu no passado dia 15 de maio, concentrou-se nos desafios e oportunidades da digitalização do setor da saúde nos países integrantes da comunidade.

Aprovado novo regulamento do Espaço Europeu de Dados de Saúde

13 Maio, 2024

O Parlamento Europeu aprovou, no dia 24 de abril, o novo regulamento que estabelece o Espaço Europeu de Dados de Saúde (EEDS), marcando um avanço significativo na revolução digital da saúde na União Europeia. Esta medida estratégica tem como objetivo facilitar o acesso dos cidadãos aos seus dados de saúde eletrónicos em todos os países membros, ao mesmo tempo que promove a interoperabilidade entre os sistemas de saúde europeus.

Voltar
Voltar para o topo.