Notícias

SPMS reforça sistemas de informação nos Cuidados de Saúde Primários

1 Junho, 2017

Em alinhamento com a modernização do parque informático dos Cuidados de Saúde Primários (CSP), o Ministério da Saúde, além do investimento na renovação de equipamento, tem feito um reforço ao nível das redes e das telecomunicações nas unidades de saúde.

Assim, no que diz respeito à Rede Informática da Saúde (RIS), que exige elevada capacidade de largura de banda para dar resposta aos desafios tecnológicos, a SPMS, EPE tem realizado um upgrade de links, desde novembro de 2016.

Na ARS do Centro já foram realizados mais de 500 upgrades para o dobro da velocidade inicial; na ARS Norte este processo também foi iniciado, tendo sido efetuados mais de 100 upgrades. Posteriormente, este processo de upgrade será alargado às outras ARS. Nesta fase, a taxa de execução é de 98% do inicialmente previsto.

Em fase final de conceção está a nova RIS2020, que representa um grande salto tecnológico, através da disponibilização de novos serviços, permitindo uma maior aproximação do SNS aos cidadãos.

Paralelamente a estes trabalhos, foram efetuadas 100 auditorias, incluindo a totalidade das ARS de Portugal Continental, nas quais se registaram diversos problemas estruturais, nomeadamente equipamentos bastante obsoletos, alguns com mais de 15 anos, e graves deficiências de funcionamento, prejudicando o desempenho das aplicações nos CSP. Torna-se, assim, emergente a substituição dos ativos de rede existentes atuais, de forma a favorecer a performance da RIS. Estima-se que seja necessário um investimento de 8,6M€, que a SPMS aguarda para que possa proceder à respetiva substituição.

Relativamente aos servidores existentes nos CSP, há equipamentos muito envelhecidos, cuja performance se tem vindo a degradar. De forma a melhorar a performance e a adequação de parâmetros de configuração dos sistemas e servidores, para melhor responderem às exigências, a SPMS desencadeou um conjunto de ações técnicas corretivas e de tunning. Em alguns casos, tem sido feita a substituição dos próprios servidores, por estes não terem as condições mínimas aceitáveis para a função que desempenham.

Quanto à instalação de computadores nas entidades do SNS, foi disponibilizada uma equipa da SPMS para acompanhar e monitorizar todo o processo. Esta equipa móvel, de ação rápida, está dotada de meios adequados, com o objetivo de implementar ações corretivas nos sistemas de informação das entidades, no menor tempo possível, funcionando como uma equipa de intervenção autónoma.

Banner_generico_spms

Projeto da SPMS é finalista dos Prémios HINTT 2021

20 Agosto, 2021

A SPMS é uma das 10 finalistas dos Prémios HINTT 2021 com o projeto Agendamento Online para a vacinação contra a COVID-19, na categoria Patient Safety. Esta iniciativa promove a partilha de conhecimento sobre o futuro do estado de saúde, com foco na tecnologia e no cidadão. Na edição de 2020, a SPMS foi distinguida […]

SPMS apoia ULSAM no arranque das teleconsultas em lares

10 Agosto, 2021

Com o apoio da SPMS, a Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) arrancaram as primeiras teleconsultas de psiquiatria, no início de agosto, em lares. Os lares de Barbeita e Merufe, em Monção, foram os primeiros a realizar teleconsultas em tempo real, garantindo segurança, proteção e confidencialidade dos dados, através da plataforma de telessaúde […]

SPMS organiza evento de encerramento da eHAction

16 Julho, 2021

A eHAction – Joint Action Supporting the eHealth Network, uma ação de colaboração entre os Estados-Membros da União Europeia e outros países europeus, vai realizar o evento "EU Cooperation to Empower Citizens’ Health & Care [Cooperação europeia para capacitar a saúde e o cuidado dos cidadãos]", no próximo dia 21 de julho, por videoconferência, entre as 09h e as 12h.

closing event_noticia SPMS
Voltar
co-financiamento
et, ut consectetur Curabitur vulputate, velit,
Voltar para o topo.