Notícias

SPMS discute futuro do MIM@UF com representantes dos ACeS da ARSLVT

16 Janeiro, 2017

Decorreu hoje, 16 de janeiro, nas instalações da SPMS em Lisboa, uma sessão de esclarecimento no âmbito do sistema MIM@UF– Sistema de Monitorização das Unidades Funcionais.

Presidente do Conselho de Administração da SPMs, EPE, Henrique Martins

Nesta reunião, que contou com a participação de cerca de 100 representantes dos diferentes Agrupamentos de Centros de Saúde (ACeS) da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), a SPMS apresentou os mais recentes desenvolvimentos deste sistema e promoveu a partilha de conhecimento e de boas práticas entre todos os envolvidos.

plateia representantes dos ACeS da ARSLVT

Os representantes dos ACeS foram recebidos pelo Presidente da SPMS, Henrique Martins, e alguns dos seus diretores e coordenadores que se congratularam pela adesão massiva, sinónimo da importância que este tipo de iniciativa assume na melhoria da prática clínica nos Cuidados de Saúde Primários (CSP).

Coordenador SPMS, Pedro Baptista

Deste modo, e numa perspetiva de melhoria dos Sistemas de informação, a SPMS vai ao encontro dos profissionais de saúde que utilizam o MIM@UF, sistema de BI (Business Intelligence) para monitorização das unidades funcionais dos CSP.

Temas

aces

SPMS reforça cooperação em Saúde Digital com países da CPLP

17 Maio, 2024

A SPMS marcou presença no Seminário “Diálogos da Cooperação em Saúde na Comunidade de Países de Língua Oficial Portuguesa (CPLP)”, a convite da Secretaria-Geral do Ministério da Saúde (SGMS). O evento, que decorreu no passado dia 15 de maio, concentrou-se nos desafios e oportunidades da digitalização do setor da saúde nos países integrantes da comunidade.

Aprovado novo regulamento do Espaço Europeu de Dados de Saúde

13 Maio, 2024

O Parlamento Europeu aprovou, no dia 24 de abril, o novo regulamento que estabelece o Espaço Europeu de Dados de Saúde (EEDS), marcando um avanço significativo na revolução digital da saúde na União Europeia. Esta medida estratégica tem como objetivo facilitar o acesso dos cidadãos aos seus dados de saúde eletrónicos em todos os países membros, ao mesmo tempo que promove a interoperabilidade entre os sistemas de saúde europeus.

Voltar
Voltar para o topo.