Notícias

PDS soma mais um prémio europeu

17 Novembro, 2015

Maastricht é palco do evento European Public Sector Award “EPSA” 2015, no qual a SPMS arrecada mais um galardão para a PDS – Plataforma de Dados da Saúde.

Entre os dias 17 e 18 de novembro, e sob a temática “O setor público como parceiro para uma sociedade melhor”, distinguem-se as soluções tecnológicas que estão na vanguarda da administração pública da União Europeia.

EPSA2015239

A EPSA reconheceu 64 projetos, como os melhores dos 266 submetidos por 36 países. Projetos que encontraram novos métodos, abordagens inovadoras e adotaram “boas práticas” para diferentes desafios da sociedade.

Além da área da saúde, o desemprego, a assistência social e a migração constituem a base dos projetos desenvolvidos – e agora reconhecidos – através de diferentes modelos de parceria e cooperação, demonstrando resultados relevantes e com impacto significativo para uma melhor qualidade de vida dos cidadãos e, como tal, para uma sociedade melhor, como é o caso da PDS.

\Em funcionamento desde 2012, a PDS centra-se na mudança de paradigma de comunicação entre utente e profissionais de saúde, o que lhe valeu o prémio “Best Practice”, na categoria European/Nacional/Regional Administrative Level –New Services Delivery Approaches.

Mais um prémio a somar a outros já arrecadados pelo projeto PDS, como o tic.gov.pt e a distinção com o Alto Patrocínio da Presidência da República.

Prémio Best Pratice PDS

Através do reconhecimento da EPSA, a SPMS irá integrar uma rede europeia de excelência, no âmbito do setor público, onde poderá comparar e partilhar conhecimentos sobre várias aplicações e softwares.  

Temas

Projeto da SPMS é finalista do Prémio HINTT 2022

4 Outubro, 2022

A SPMS é uma das 10 finalistas da 6ª edição dos Prémios HINTT, com o projeto SARA- Sistema de Atendimento e Resposta Ágil. Desenvolvido pela SPMS, o SARA visa agilizar o atendimento nas unidades de saúde do Serviço Nacional de Saúde, sobretudo nos cuidados de saúde primários. Atualmente, está presente em mais de 530 unidades.

Voltar
co-financiamento
Voltar para o topo.