Notícias

Maioria dos utentes que pediu isenção não vai pagar

27 Março, 2012

Paulo Macedo fez este anúncio aos jornalistas após participar na cerimónia do Dia Nacional de Dador de Sangue, em Lisboa, que se realizou esta terça-feira (27). De acordo com o ministro, as situações de isenção estão a ser confirmadas, “porque infelizmente as pessoas não aumentaram os seus rendimentos”.

Em relação aos novos pedidos, a maioria também está a ter uma resposta positiva, adiantou Paulo Macedo.

A decisão sobre a isenção de pagamento de taxas moderadoras por insuficiência económica começou sexta-feira a ser enviada para os utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) que a requereram e também para os que já a tinham.

Até às 12:16 de sexta-feira, tinham seguido 583.404 requerimentos, que correspondem a 1.103.607 utentes. Para ficarem isentos deste pagamento por motivos económicos, os utentes têm de integrar um agregado familiar cujo rendimento médio mensal, dividido pelo número de pessoas a quem cabe a direção do agregado familiar, seja igual ou inferior a 628,83 euros.

Aos pedidos destes utentes juntar-se-ão os quatro milhões que eram isentos até final do ano passado e que também vão ter agora uma resposta sobre a continuidade ou não desta isenção.

@Agência Lusa

Temas

O Ministro da Saúde Dr. Paulo Macedo
Voltar
co-financiamento
id nec sit risus venenatis leo luctus
Voltar para o topo.